Dicas de Saúde Bucal

Confira abaixo, 6 alertas para manter sua saúde bucal.




Mau hálito: Você sabia que o mau hálito (halitose) pode estar relacionado com a sua alimentação?
Na grande maioria das vezes, ele é ocasionado por problemas nos dentes e nas gengivas, mas o
consumo certos alimentos como o alho e a cebola, as dietas ricas em proteínas e até mesmo as
cápsulas de ômega também podem ser responsáveis. Esses alimentos, quando consumidos em
excesso, vão para corrente sanguínea e carregam o ar e o hálito expelido pelos pulmões.


Sangramento nas gengivas: 1. A gengivite é uma condição inflamatória que afeta as gengivas,
leva ao sangramento gengival e frequentemente está associada ao mau hálito. O agente causador
é a placa bacteriana (biofilme dental), que se acumula sobre os dentes. Caso não seja tratada pode
evoluir para uma inflamação mais profunda, que destrói os tecidos que mantém os dentes em boca,
chamada de periodontite. A periodontite é uma doença grave que leva a perda dos dentes, além disso,
ela pode afetar a sua saúde como um todo por meio do aumento no risco de doença cardiovascular
e diabetes.

2. Você sabe como está a saúde das suas gengivas? Existe uma forma muito fácil de você analisar,
vá até um espelho, observe a sua boca e faça as seguintes perguntas: a) Minhas gengivas estão
inchadas? b) Minhas gengivas sangram quando escovo os dentes ou uso palito/fio dental? c) Estou
com algum dente frouxo? d) Tenho algum familiar já perdeu dentes por problemas de gengiva?
e) Meus dentes estão ficando mais espaçados ao longo do tempo? f) Algum dos meus dentes
mudou de posição?  Se você respondeu SIM para qualquer uma dessas perguntas você pode
estar com algum problema. Para esclarecer dúvidas fazer uma avaliação mais detalhada é
necessário consultar um dentista.


Retração de gengiva: Sorrir faz bem! Mas você já deu aquele sorriso e percebeu que a sua
gengiva parece estar alta, o dente maior e a sua raiz está aparecendo?  Você pode estar com
uma retração ou recessão gengival. As causas da retração podem ser muitas: posição dental,
força excessiva na escovação, além de estar associado as doenças da gengiva, gengivite e
periodontite. Existe também uma tendência de termos mais retração gengival à medida que
ficamos mais velhos. Fique alerta: os dentes com retração gengival precisam de cuidados,
pois a gengiva exposta é mais suscetível ao desenvolvimento de cáries e de sensibilidade,
ou seja, daquela dorzinha que a aparece quando ingerimos algo gelado, por exemplo.


Sensibilidade  Excessiva: Você já teve aquela dor rápida ou sensação de choque em algum
dente que apresenta a raiz exposta no momento que ingeriu alimentos muito frios? Ou ácidos?
A dor pode ter várias origens, quando ela não está relacionada a problemas dentários como a
cárie, por exemplo, ela pode estar relacionada a sensibilidade dentária. A sensibilidade é muito
comum em dentes com retração gengival.


Gosto ruim na boca: Você sabia que o stress, a ansiedade e doenças como a depressão, por
exemplo, podem causar problemas bucais? Um exemplo é a síndrome da ardência bucal. Ela
se caracteriza por uma sensação de queimação acompanhada de formigamento ou dormência
e sensação de secura. Normalmente a ponta da língua é mais afetada, mas a região dos lábios
e o palato (céu da boca) também podem ser. Além disso, outros sintomas como diminuição no
paladar e um gosto ruim, com sabor amargo ou metálico, podem estar presentes.


Feridas na boca: Aftas são úlceras (feridas) dolorosas que ocorrem na boca. Elas podem ir e vir
e apresentam tamanhos variáveis de uma pessoa para a outra. As aftas não são contagiosas, ou
seja, não podem ser transmitidas. Embora sua causa seja incerta, alguns especialistas acreditam
que estão ligadas a problemas do sistema imunológico, a bactérias ou a vírus; outros acreditam
que esteja ligada ao estresse, alergias, cigarro, deficiências de ferro ou vitaminas, doenças sistêmicas
e tendências genéticas. As aftas normalmente causam dor e regridem espontaneamente de 07 a 14
dias. Caso a afta não regrida neste período, procure um dentista e realize uma avaliação. Existem
outros tipos de lesões na boca que são semelhantes as aftas que não desaparecem espontaneamente.


Fique atento à sua saúde bucal e visite regularmente seu dentista Uniodonto. 






CENTRAL DE ATENDIMENTO

(51) 3302-4000

Porto Alegre

De segunda a sexta, das 8h15min às 18h
Av. Independência, 914
Bairro: Independência


(51) 3055-4058

Guaíba

De segunda a sexta, das 8h15min 12h30min e das 13h30min às 18h
Rua Vinte de Setembro, 787
Bairro: Centro


(53) 3227-6515

Pelotas

De segunda a sexta, das 8h15min às 12h30min e das 13h30min às 18h
Rua Princesa Isabel, 280/101
Bairro: Centro